sábado, 11 de abril de 2015

Noel Rosa - SÉRIE - MAIORES ARTISTAS DA MÚSICA BRASILEIRA



Acompanhe diariamente novidades da página pelo Facebook 
259 músicas em sete anos. Todas muito boas, algumas obras-primas. Muitas fizeram sucesso, animaram carnavais, tocaram incessantemente no rádio. Noel Rosa (1910-1937), franzino, mulherengo e boêmio, nascido na Vila Isabel pelo fórceps que lhe marcou o queixo, era gênio. Elevou as letras de samba ao patamar de poesia – poesia satírica, amorosa, social. Fez até poesia experimental, com seu “Gago Apaixonado” e a epistolar “Cordiais Saudações”. Pai do moderno samba urbano, influenciou decisivamente Chico Buarque e tantos outros.

Sua carreira meteórica, que acontecia entre aulas de medicina (largou no 3º ano), bares e bordéis, deslanchou a partir do sucesso de “Com que Roupa?”, em 1930. Como tantas canções que faria, era autobiográfica: por causa de sua saúde frágil, a mãe escondia suas roupas para que não saísse à noite. Camarada de malandros e figuras da noite carioca, gostava de compor com parceiros, especialmente Ismael Silva (“Para Me Livrar do Mal”) e Vadico (“Conversa de Botequim”, “Feitio de Oração”). Mas também compunha bem sozinho (“Fita Amarela”, “Palpite Infeliz”, “Último Desejo”), na calada da noite, com o indefectível cigarro pendido na boca. A combinação de tuberculose e boemia foi demais para os pulmões fracos. Como os grandes poetas românticos e míticos astros do rock, morreu com 26 anos. Mas suas canções ficaram, sempre presentes. Daniel Benevides.



Composições e CIA.

Com Que Roupa?
Filosofia
Último Desejo
Não Tem Tradução
Pierrot Apaixonado
Conversa de Botequim
Feitiço da Vila
Fita Amarela
Três Apitos
Pra Que Mentir?
Palpite Infeliz
Positivismo
Feitio de oração
Gago apaixonado
Pastorinhas
Jura
Onde Está a Honestidade?
O X do Problema
Taí
O Orvalho Vem Caindo
Mulher Indigesta
Rapaz Folgado
Felicidade
João Ninguém
Dama do Cabaré
Até Amanhã
Silêncio de um minuto
São Coisas Nossas
Adeus
A.E.I.O.U
Pela Décima Vez
Malandro Medroso
Tenho Raiva de Quem Sabe
Meu Barracão
Você Só... Mente
Mentir
Quando o samba acabou
Cem Mil Réis
Tarzan (o filho do alfaiate)
Você Vai Se Quiser
Cordiais saudações
Festa no Céu
O Sol Nasceu Pra Todos
Tipo Zero
Quem dá mais?
Minha Viola
A Razão Dá-se a Quem têm
Cidade Mulher
Quero Falar Com Você
Maria Fumaça
Seja Breve
Pela Primeira Vez
Verdade Duvidosa
Escola de Malandro
Só Pode Ser Você
Belo Horizonte
Disse-me Disse
Eu Sei Sofrer
Deixa de ser convencida
Coração (Samba anatômico)
Eu Vou Pra Vila
Samba da Boa Vontade
O Maior Castigo Que Eu Te Dou
Linda Pequena
Tenho Um Novo Amor
Provei
Menina Dos Meus Olhos
Amar com sinceridade
Prazer em Conhecê-lo
Riso de Criança
Quem Ri Melhor
Século do Progresso
Cansei de Pedir
Seu Jacinto
Fui Louco
Morena Sereia
Arranjei Um Fraseado
Quem não quer sou eu
De Babado
Deus sabe o que faz
Esquina da Vida
Habeas-Corpus
Para Me Livrar do Mal
Prato Fundo
Eu agora fiquei mal
Gosto, Mas Não é Muito
Mais Um Samba Popular
Cor de Cinza
Ao Meu Amigo Edgar
Que se dane
A.b. Surdo - Marcha Maluca
Mentiras de Mulher
Agora
Ando cismado
Com mulher não quero mais nada
Tenentes do Diabo
Triste Cuíca
Mulato Bamba
Retiro da Saudade
Nunca... jamais
De qualquer maneira
Esquecer e Perdoar
Estátua da Paciência
Até Amanhã - vinheta
Você, por exemplo
Suspiro
Amor de Parceira
É Bom Parar
Pra Esquecer
Sorrindo Sempre
Quantos Beijos
Capricho de rapaz solteiro
Picilone
Cansei de Implorar
Dono do meu nariz
A melhor do planeta
Cor de leite com café (ATCHIM!)
Fiquei Sozinha
Já Sei Que Tens Um Novo Amor
Vitória
Vou Te Ripar
Uma Jura Que Fiz
Envio essas mal traçadas linhas
Meu Sofrer (Queixumes)
Cabrocha do Rocha
É Preciso Discutir
Faz de conta que eu morri
Mas Como... Outra Vez?
Não Faz, Amor
Nuvem Que Passou
Qual Foi o Mal Que Eu Te Fiz
Não Me Deixam Comer
Vai Haver Barulho No Chatô
Tudo Que Você Diz
No Baile da Flor-de-lis
Que Bom, Felicidade Que Vai Ser
Boa Viagem
Nega - Samba
Rir
Lataria
Mulata Fuzarqueira
A Genoveva não sabe o que diz
Dona do Lugar
E Não Brinca Não (Não Brinca Não)
Estrela da manhã
Eu Queria um Retratinho de Você
Ingênua
Isso Não Se Faz
Já Não Posso Mais
João Teimoso
Não Morre Tão Cedo
Não Resta a Menos Dúvida
Vejo Amanhecer
Na Bahia
O Que É Que Você Fazia?
Julieta
Por causa da hora
Quem Não Dança
Bom Elemento
Sinhá Ritinha
Boas tenções
Chuva de Vento
Você é um Colosso
Araruta
Canção do Galo Capão
Vai pra casa depressa (Cara ou coroa)
Espera Mais Um Ano
Este Meio Não Serve
Não Há Castigo
Nunca Dei a Perceber
Precaução inútil
É Peso
O Pulo da Hora
Balão Apagado
Condeno o teu nervoso
Estamos Esperando
Fiquei Rachando Lenha
Mão No Remo (Iça A Vela)
Marcha da Prima... Vera
Mardade de Cabocla
Não Foi Por Amor
Pesado 13
Saí da Tua Alcova
Dona Emília
Finaleto
Voltaste (pro subúrbio)
Dona Aracy - Marcha
Por Esta Vez Passa
Assim, sim!
Contraste
Faz três semanas
Foi Ele
Não Digas



Acompanhe diariamente novidades da página pelo Facebook 

É hora de sorrir um pouco - Veja o vídeo