terça-feira, 28 de abril de 2015

Baden Powell - SÉRIE - MAIORES ARTISTAS DA MÚSICA BRASILEIRA



Acompanhe diariamente novidades da página pelo Facebook 

Ninguém contesta que João Gilberto “inventou” a batida de violão característica da bossa nova. Mas Baden Powell (1937-2000) levou o instrumento e o estilo a outros patamares. O virtuoso nascido no Rio de Janeiro não se ateve apenas a reproduzir as convenções da bossa. Craque da harmonia e melodia, ele respeitava a tradição da música brasileira, mas não se incomodava em adicionar um toque erudito aqui, uma levada de música flamenca ali... E não se pode esquecer que ele também foi um inventivo compositor, criando ao lado de Vinicius de Moraes os célebres afro-sambas, a junção da bossa com motivos afro-brasileiros. Além de idolatrado no exterior, o violão de Baden também adornou algumas das mais notáveis vozes da MPB. Paulo Cavalcanti.





Composições e CIA.

Tempo De Amor
Canto de Ossanha
Berimbau
Canto de Iemanjá
Samba em Prelúdio
Tristeza e Solidão
Consolação
Deixa
Canto de Xangô
Canto do Caboclo da Pedra Petras
Violão Vadio
Apelo
Labareda
Formosa
Samba Triste
O Astronauta
Samba da Bênção
Refém da Solidão
Bocochê
Vou Por Aí
Manhã de Carnaval
A Casa
Voltei
Tempo Feliz
Chuva
Besouro Mangangá
Última Forma
Aquarela do Brasil
Palhaço
Além do Amor
Odeon
Tem dó
Carinhoso
Velho Amigo
Euridice
Asa Branca
Revendo O Passado
Rapaz de Bem
Izaura
Samba da Benção (cifrada 2)
A Felicidade
O Amor Em Paz
Garota de Ipanema
Folhas Secas
Santa Voz
Lamento
Chão de Estrelas
Lamento
Lição de Baião
Baden Powell
Na Baixa Do Sapateiro
Meditação

Acompanhe diariamente novidades da página pelo Facebook 

É hora de sorrir um pouco - Veja o vídeo